BELGRADO

Belgrado encontra-se entre várias rotas de tráfico de heroína. Apresenta um número considerável de utilizadores de drogas injetáveis, muitos deles pertencentes a uma minoria marginalizada, os Ciganos. A maioria destes indivíduos vive em situação de pobreza extrema, segregados da sociedade. Graças aos fundos do "Global Fund to Fight AIDS, Tuberculosis and Malaria", foram introduzidos na Sérvia vários serviços de redução de riscos (como a distribuição de seringas esterilizadas, para prevenir infeções) durante a primeira década do século XXI. A taxa de infeção por VIH entre utilizadores de drogas tem permanecido baixa, mas o acesso a estes serviços está longe de ser adequado. Prova disso é a grande prevalência de infeções pelo vírus da Hepatite C.

A esperança demonstrada pelos profissionais destes serviços parece estar a desaparecer: o país já não é elegível para mais fundos provenientes do "Global Fund" e a última tranche foi atribuída este ano. Os programas que apoiam os utilizadores de drogas enfrentam um futuro incerto e alguns deles irão, inevitavelmente, ter de encerrar. Nem o Governo Sérvio, nem o governo local estão a atribuir fundos para a redução de riscos em contexto de rua. Por favor, junte-se à luta das organizações da sociedade civil e ajude-as a pressionar os decisores políticos, para que estes possam implementar a abordagem baseada nos quatro pilares!
O nosso parceiro Sérvio é a Re-Generation. Para mais informação relativamente à situação que se vive na Sérvia, por favor assista ao vídeo realizado pelo Drugreporter e a Re-Generation: https://www.youtube.com/watch?v=SoignZNIgBw

.

Petição

Se apoia a nossa campanha para tornar as nossas cidades mais seguras, por favor assine a nossa petição!